Português Italian English Spanish

POSICIONAMENTO SETORIAL – ABPA emite nota de repúdio ao comentário Ministro da Agricultura da França sobre a carne de frango brasileira

POSICIONAMENTO SETORIAL – ABPA emite nota de repúdio ao comentário Ministro da Agricultura da França sobre a carne de frango brasileira

Data de Publicação: 14 de setembro de 2021 14:38:00
Para a Associação, ministro francês tenta denegrir a imagem da carne de frango do Brasil, num claro ato de protecionismo.

 

Da Redação

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) emitiu nota de protesto contra o ministro da Agricultura da França, Julien Denormandie, que declarou que uma carne de frango produzida no Brasil, “não tem o mesmo impacto sobre a saúde das crianças que um peito de frango francês”.

Segue o restante da nota oficial:

“O comentário, de cunho claramente protecionista – feito em meio à uma feira agrícola na França, e diante das negociações para o Acordo Mercosul-União Europeia – desrespeita o trabalho de excelência em qualidade, sustentabilidade e defesa sanitária desempenhado pela avicultura brasileira que é, por exemplo, livre de Influenza Aviária.

A fala também afronta o trabalho de inspeção sanitária realizado pelas autoridades sanitárias europeias, que exige e garante que os produtos importados – como a carne de frango do Brasil – sigam padrões sanitários equivalentes aos dos europeus.  Há quatro décadas, contribuímos para a segurança alimentar e 

 

 

 

complementaridade da produção da União Europeia, sem qualquer registro de problema ou relação com situação de saúde pública.

Cabe lembrar que o Brasil, maior exportador mundial de carne de frango, atende com excelência aos mais exigentes critérios internacionais sanitários, o que permitiu ao país fortalecer sua posição como maior fornecedor internacional do produto.  É o atestado de aprovação de mais de 150 nações aos critérios de qualidade, de sustentabilidade e sanidade estabelecidos pelo Brasil.

Por tudo isto e em prol das boas relações existentes entre as duas nações, desejamos contar com mais respeito e seriedade nas declarações do senhor Denormandie, em acordo com a posição de um ministro que trata de questões alimentares.

Associação Brasileira de Proteína Animal”

 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário