Português Italian English Spanish

SÍNDROME DE HAFF – Peixe BR emite nota de esclarecimento

SÍNDROME DE HAFF – Peixe BR emite nota de esclarecimento

Data de Publicação: 14 de setembro de 2021 07:32:00
Associação esclarece que peixes de cultivo como a tilápia e o tambaqui são manejados em regime de segurança sanitária e profissionalismo.

 

Da Redação

Diante de casos da Síndrome de Haff, ou “Doença da Urina Preta”, ocorridas no Amazonas e no Pará e supostamente originário de um toxina presente em peixes nativos da pesca, a Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR), emitiu, nesta segunda-feira, 13, uma nota de esclarecimento que publicamos, abaixo, na sua íntegra.

A Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR), entidade de âmbito nacional que reúne os diversos elos dessa importante cadeia produtiva de proteína animal saudável e de alta qualidade, esclarece que:

Tilápia e tambaqui criados profissionalmente, em cativeiro e com toda a segurança, não provocam a Síndrome de Haff (Doença da Urina Negra) em seres humanos.

O pesquisador Roger Crescêncio, da Embrapa Amazônia Ocidental, informa que não há nenhum registro de caso da doença que tenha como origem os peixes de cultivo.

 

(Foto, editado: site Tudo Saúde)

A ciência comprova que a Síndrome de Haff pode ser causada pela ingestão de peixes contaminados, de origem desconhecida e que não foram criados em ambiente controlado.

A piscicultura é industrial e verticalizada, seguindo a legislação e as boas práticas. A tilápia e o tambaqui são criados em água doce, com total rastreabilidade. As empresas produtoras utilizam rígidos protocolos sanitários e de bem-estar animal, conferindo aos peixes de cultivo status de alta segurança alimentar.

Peixe de cultivo é gostoso, saudável e seguro. A Peixe BR recomenda aos consumidores dar preferência a peixes de origem conhecida e que tenham sido criados em ambientes controlados.

Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR)

 

  Veja Mais
Exibindo de 81 a 84 resultados (total: 226)

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário