Português Italian English Spanish

Selo Certified Humane é diferencial nas empresas de produção animal para captar recursos

Selo Certified Humane é diferencial nas empresas de produção animal para captar recursos

Data de Publicação: 15 de junho de 2021 11:53:00
A Fazenda da Toca possui 2.300 hectares, é localizada em Itirapina (SP) e é comandada pelo empresário Pedro Paulo Diniz

 

*Da Redação

selo Certified Humane é referência mundial em bem-estar animal. As empresas que conquistam o selo comprovam para o consumidor que seus produtos têm como origem somente animais que foram criados com dignidade e ética.  Assim,  além de credibilidade, ganham em eficiência e produtividade. Agora, mais do que nunca, priorizar o bem-estar animal tornou-se um investimento certeiro.

Prova disto é que a Fazenda da Toca, maior produtora de ovos orgânicos da América Latina e detentora do selo Certified Humane, acaba de levantar R$ 25 milhões com a emissão de um Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA) com selo verde – o primeiro Green Bond a ser concedido ao setor de avicultura de postura no Brasil. Com isso, a empresa projeta ampliar a produção de ovos caipira e cage free em 133% até 2024.

A Fazenda da Toca possui 2.300 hectares, é localizada em Itirapina (SP) e é comandada pelo empresário Pedro Paulo Diniz. Dentre as diversas atividades sustentáveis desenvolvidas pela empresa, destacamos a maior produção de ovos de galinhas orgânicos e caipiras com o selo Certified Humane. Para que a empresa obtivesse o até então inédito CRA com selo verde do setor de avicultura nacional, possuir o selo Certified Humane foi fundamental. 

- Essa operação tem muito significado não só para a Fazenda da Toca, mas para todo o segmento de orgânicos no Brasil. É uma demonstração evidente de que os investimentos estão cada vez mais orientados para projetos regenerativos e sustentáveis, o que abre um vasto horizonte de crescimento para o nosso setor. Esse tipo de captação é o encontro perfeito entre retorno financeiro e viabilidade econômica com impacto ambiental e social positivo - resumiu o empresário Pedro Paulo Diniz para o jornal Valor Econômico.

Localizada em São Paulo (SP) e com 1,2 mil hectares de área produtiva, a Rizoma Agro também é de propriedade do empresário Pedro Paulo Diniz. A

 

"Agora, mais do que nunca, priorizar o bem-estar animal tornou-se um investimento certeiro" (Foto: Divulgação)

 

empresa está investindo o dinheiro captado no cultivo de milho, soja, feijão, aveia, grão-de-bico e limão tahiti, além de pecuária bovina e agrofloresta. Parte do capital também está sendo usado em irrigação e em uma fábrica de biológicos para controle de pragas e doenças. 

E outro grande exemplo é o da Chew ‘s Agriculture, uma das maiores granjas produtoras de ovos de Cingapura. Em 2019, a empresa assinou um empréstimo de 10 anos vinculado à sustentabilidade de aproximadamente USD 19 milhões com o banco DBS. Seguir os padrões do Humane Farm Animal Care foi determinante para que a Chew’s Agriculture conseguisse taxas de juros mais baixas.

O alto potencial do agronegócio sustentável e do bem-estar animal são grandes motivadores econômicos. Segundo a própria Climate Bonds Initiative, o potencial de investimentos para a Agricultura no Brasil é estimado em R$ 692 bilhões até 2030. Financiar projetos de agricultura, pecuária e outros tipos de criação é visto como uma oportunidade de lucros extremamente promissora para os próximos anos. E o selo Certified Humane é comprovadamente indispensável para o êxito em atrair investidores. 

*Texto produzido por assessoria de imprensa e editada, para esta publicação, pela Cerrado Comunicação.

 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário