Português Italian English Spanish

SEMANA DO PESCADO – Festival Tambaqui da Amazônia será realizado em todo o Brasil

SEMANA DO PESCADO – Festival Tambaqui da Amazônia será realizado em todo o Brasil

Data de Publicação: 1 de junho de 2021 10:40:00
A ideia de nacionalizar o festival foi apresentada pelo vice-presidente ACRIPAR, Edson Sápiras, aos atores da pesca e aquicultura de todo o Brasil

 

*Por Antônio Oliveira

Realizado desde 2017 em Rondônia,  o Festival Tambaqui da Amazônia, está assumindo um audacioso desafio: ser realizado em todos os 26 estados brasileiros e no Distrito Federal.

O evento, já tradicional naquele estado, é realizado pela Associação de Criadores de Peixes de Rondônia (ACRIPAR), em parceria com o Governo de Rondônia e Sebrae e tem como objetivo difundir o tambaqui na culinária brasileira.

Neste ano, ele acrescenta a Semana do Pescado um apelo para a democratização da espécie, a segunda mais cultivada em todo o Brasil, na categoria de “todas as espécies”, e o nativo mais cultivado nacionalmente, competindo com a líder tilápia.

A ideia de nacionalizar o festival foi apresentada pelo vice-presidente ACRIPAR, Edson Sápiras, aos atores da pesca e aquicultura de todo o Brasil. Ele destaca que o festival será uma das várias iniciativas para incentivar o consumo de pescado em todo o país.

O festival está previsto para ocorrer no dia 19 de setembro, com o tradicional “churrasco de banda”, onde o peixe partido ao meio e sem espinhas é assado na brasa. O evento estende a programação da Semana do Pescado, que ocorrerá entre os dias 1º e 15 de setembro.

Toda a renda obtida, conforme a associação,  será  revertida em ações sociais para ajudar instituições beneficentes como o Lions Clube Ariquemes Canaã, entidade que também ajuda na mobilização de parceiros para o evento.

Trajetória do festival

2017 – Realizado em Ariquemes durante a Expovale

2018 – Realizado em Ariquemes durante a Expovale

2019 – Realizado em Ariquemes durante a Expovale

2019 – Realizado na Esplanada dos Ministérios em Brasília

2020 – Realizado em 10 municípios de Rondônia

 

 

Já tradição em Rondônia, festival quer alcançar todo o Brasil (Foto: Divulgação)

 

Costelinha de tambaqui (Foto: Divulgação)

O tambaqui no mundo

Na verdade, o tambaqui, principalmente sua costelinha, já é conhecida por chefs e festivais gastronômicos Brasil e mundo a fora.

Em fase de pesquisa

Um dos peixes de carne mais saborosa, o tambaqui ainda enfrenta  grandes entraves para sua democratização: as espinhas intramuscular em Y e uma falta de um pacote tecnológico completo desde seu processo de alevinagem, passando pela reprodução até a sua forma de chegar à cozinhas. Ainda é pesquisado por vários institutos no Brasil, principalmente pela Embrapa.

Em Rondônia, o  tambaqui sem espinhas Y foi encontrado casualmente por meio de um cliente de uma piscicultura. A explicação é que se trata de uma mutação genética.  Está em fase de pesquisa pela Universidade de Mogi das Cruzes. 

*Com informações da ACRIPAR

 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário