domingo, novembro 18, 2018

PRUDÊNCIA – PISCISHOW e AVISULEITE têm data de realização adiada para novembro – Piscishow&Avisuleite PRUDÊNCIA – PISCISHOW e AVISULEITE têm data de realização adiada para novembro – Piscishow&Avisuleite

Destaques

PRUDÊNCIA – PISCISHOW e AVISULEITE têm data de realização adiada para novembro

Publicado em 03/05/2018

PRUDÊNCIA – PISCISHOW e AVISULEITE têm data de realização adiada para novembro

Por Antônio Oliveira

A cassação do governador do Tocantins, Marcelo Miranda, no dia 21 de março deste ano, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE); a ascensão do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Carlesse, à condição de governador interino; a volta de Marcelo Miranda, por força de liminar, uma semana depois; a rejeição de seus embargos declaratórios no TSE e, novamente, o seu afastamento, ascendendo, novamente, Carlesse ao governo do Estado até que se elejam novos mandatários – governador e vice-governador – em eleições diretas marcadas para o próximo dia 3 de junho, causaram uma série de transtornos a administração do Governo do Tocantins, com consequências diretas nos municípios e no dia a dia da sociedade de uma forma geral. Enfim, há neste contexto e neste tempo até a posse dos novos chefes do Executivo estadual uma grande insegurança, meandros legais e burocráticos.

Pagamento à fornecedores de bens e prestadores de serviço; desenvolvimento e execução de projetos de Governo e de interesse da sociedade, inclusive, da economia, como atração e incentivo ao desenvolvimento econômico do Estado, sofreram paralização ou lentidão na sua execução, uma vez que, com a troca de Governador, trocavam-se também secretários de Estado e chefes de departamentos.

28337567_589458124732661_9126434337840437664_o (2)

Dezenas de projetos de parceria público-privado (PPP), como eventos voltados para as vocações econômicas do Tocantins, a exemplo do Turismo e dos agronegócios, com aportes do Governo do Estado, via secretarias de Estado ou Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado do Tocantins (CDE), foram “congelados”, adiados para novas datas ou serão realizados, em data original,  correndo riscos de insucesso, com prejuízos para o Estado e para a iniciativa privada. E este só não é o caso total da XVIII Feira de Agrotecnologia do Tocantins (Agrotins 2018), que será realizada sem campanha publicitária e nos seus limites, por esta Feira já ser um produto consolidado e com grandes expositores anunciando presença em diversos meios de comunicação, o que ameniza a falta de campanha publicitária do evento em si.

Ou seja, Governo do Estado e iniciativa privada investiram algo superior a R$ 4 milhões, sem o Estado ter o constitucional direito de visibilidade de suas ações no contexto dos agronegócios e os expositores de público comprador que sempre foi crescente à Feira, com perspectiva de comercialização em torno de R$ 700 milhões; as instituições de pesquisas, sem público para suas palestras de difusão de tecnologias. Complicado. Até a primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa no Estado teve sua campanha institucional barrada também pelo Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TER-TO).

Prudência

Nós, da organização da PISCISHOW e do AVISULEITE – Revista Cerrado Rural Agronegócios, Federação das Associações Comerciais e Industriais do Estado do Tocantins (FACIET) e a Agência Kikiô Propaganda – a tudo assistimos apreensivos, enquanto concluíamos nossa grade de palestras, oficinas, talk-shows, etc.; o projeto de nossa estrutura e nossa campanha publicitária. Está tudo pronto.

Porém, depois de consultas e análises do contexto geral e, principalmente, do jurídico eleitoral, chegamos a uma conclusão e optamos pela prudência, levando-se em conta fatores abaixo:

Estão em jogo não só a nossa (dos organizadores) imagem e reputação, mas, também do Governo do Estado do Tocantins, deste Estado e dos atores das cadeias produtivas anfitriãs do peixe, das aves, do suíno e do leite e, ainda, de nossos apoiadores (por meio de seus pesquisadores) – três unidades da Embrapa, Agência Paulista dos Agronegócios (Apta), UFG e USP. A responsabilidade deste conjunto é muito grande para com os demais atores dessas cadeias Brasil a fora – pesquisadores/palestrantes; caravanas de produtores dessas quatro cadeias que se organizam para vir à Palmas para não só participar dos três dias dos eventos conjuntos, mas, também, para prospectar negócios; além de acadêmicos da nossa região e de várias partes do Brasil que vêm em busca de conhecimentos.

Não nos esquecendo que o Governo do Tocantins tem, em desenvolvimento, projetos de incentivos à essas quatro cadeias produtivas e que gostaria de anunciar tanto na Agrotins, quanto no PISCISHOW e no AVISULEITE. Mas que se emperraram diante deste contexto.

Manter os dias 13, 14 e 15 de junho para a realização desses dois eventos, é arriscado diante do contexto supracitado. Pensamos em prorrogá-los para o final de junho para ganharmos tempo. Aí esbarramos nos mesmos entraves para a opção original de datas.  É que com a eleição fora de época, em 3 de junho, está proibida a veiculação de qualquer tipo de campanha publicitária envolvendo o Governo do Estado entre os dias 20 de abril a 3 de junho. Findo este período, aí cairemos nas regras que regem as eleições normais de 7 de outubro, onde, também, consta a proibição de publicidade envolvendo os governos dos estados. Proibição que se estende até a realização do segundo turno, em 28 de outubro.

Ora, para o sucesso de qualquer evento é fundamental que haja uma eficiente campanha publicitária para a atração de público expectador e/ou consumidor e visibilidade aos seus patrocinadores. Fora desta regra, pode-se contabilizar, previamente, o fracasso e os prejuízos de ordem material e psicológico geral.

Não queremos correr este risco. O PISCISHOW e o AVISULEITE têm um grande compromisso com a região do MATOPIBA sobretudo com o Tocantins, cujo Governo é o seu principal fomentador e com o município de Palmas, nosso palco de atuação, porta de entrada do Tocantins,  e possível apoiador institucional. A Revista Cerrado Rural Agronegócios, idealizadora e coordenadora desses dois projetos tem o firme objetivo de tornar estes dois eventos em referência regional e dois dos principais eventos desses gêneros no Brasil, contribuindo com o pleno desenvolvimento das cadeias produtivas do peixe, das aves, dos suínos e do leite.

CDEOs dois eventos têm aporte financeiro, a título de patrocínio institucional, do Governo do Estado do Tocantins e da iniciativa privada, por meio do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado do Tocantins (CDE)/Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciências, Tecnologia, Turismo e Cultura e Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e da Pecuária. Estiveram empenhados nestes dois projetos a gestão estadual passada e sua equipe técnica (da área de desenvolvimento econômico, agricultura familiar e agronegócios); estão, atualmente, empenhados a atual gestão e sua equipe técnica. É um projeto de interesse de Estado.

Não seria correto, sob o ponto de vista de publicidade e da parceria com o Governo – e até mesmo a Procuradoria Geral do Estado (PGE) e o Tribunal de Contas do Estado (TCE), não permitem isto – que pegássemos esse aporte e fizéssemos os eventos deixando o Governo do Estado fora dele. Seria usar mal os recursos públicos.

Enfim, de seguro, ainda neste ano, só nos restaram como a melhor opção os dias 21, 22 e 23 de novembro para a realização desses dois eventos. Firmamos este período.

Vamos procurar manter, com nossos convidados palestrantes e monitores de minicursos, esta mesma grade. Caso um ou outro tenha problema de agenda, o substituiremos por outro do mesmo nível de conhecimento tecnológico e de mercado.

Quanto ao curso de “Cultivo de Peixes em Bioflocos”, devido a grande procura e ser ele uma contratação de consultor privado, vamos tentar mantê-lo na data marcada.

Nos próximos dias estaremos veiculando nas redes sociais nova pré-campanha publicitária e a partir de 1º de novembro a campanha definitiva em diferentes mídias, como Rádio, TVs, impressos e sites.

Conscientes de que tomamos uma atitude prudente e contando com todos em novembro,

Cordiais abraços.

Relacionados

Veja Tambem