quarta, setembro 19, 2018

VITRINE – Sebrae participa da 5ª edição da Semana Nacional da Carne Suína – Piscishow&Avisuleite VITRINE – Sebrae participa da 5ª edição da Semana Nacional da Carne Suína – Piscishow&Avisuleite

Suinocultura

VITRINE – Sebrae participa da 5ª edição da Semana Nacional da Carne Suína

Publicado em 22/09/2017

VITRINE – Sebrae participa da 5ª edição da Semana Nacional da Carne Suína

O objetivo de aumentar e disseminar o consumo da carne suína (Foto: Divulgação)

Com o objetivo de aumentar e disseminar o consumo da carne suína, a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), com o apoio do Sebrae e do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), lança, no dia 26 de setembro, em São Paulo, a quinta edição da Semana Nacional da Carne Suína (SNCS). Em 2017, além da parceria com o Grupo Pão de Açúcar (com os supermercados das bandeiras Extra e Pão de Açúcar), o evento vai contar com a participação de três outros grandes grupos do varejo brasileiro: Comper, Oba e St. Marche. O que significa que as ações da Semana Nacional, incluindo as promoções ao consumidor final, estarão presentes em 589 lojas, distribuídas em 18 estados brasileiros, durante o período de 26 de setembro a 12 de outubro.

Para chegar a um maior número de consumidores brasileiros, a SNCS ganha as gôndolas de lojas com perfis distintos e com um público diversificado, compreendendo as classes de A a C, e garantindo a inserção da proteína animal em segmentações como hortifrúti, supermercados de luxo e grandes redes de varejo, com resultados expressivos junto a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), responsável pelos levantamentos estatísticos do varejo brasileiro.

O Brasil é o quarto maior produtor e exportador de carne suína do mundo e, segundo dados do Mapa, a tendência é que até 2019 haja um incremento de 4,9% na produção. Atualmente, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná são os três maiores produtores nacionais. No entanto, com o aquecimento do mercado, a tendência é que haja um crescimento na produção das outras regiões.

O Sebrae e a ABCS são parceiros desde 2010, quando as duas instituições começaram as atividades para aprimorar a produção, indústria e comercialização da carne suína, visando o aumento de consumo interno do produto. Para Augusto Togni, do Sebrae, as ações da Semana Nacional  têm conseguido  não apenas  incrementar o consumo médio do brasileiro como vêm esclarecendo a opinião pública sobre as qualidades e vantagens da proteína de origem suína, com reflexos diretos na produção.

– Em 2016, tivemos um aumento de 26% nas vendas, quando comparado ao mesmo período em 2015. No final daquele ano, mesmo com todas as adversidades da economia, o setor alcançou a marca de 3,7 milhões de toneladas produzidas e a exportação chegou a 720 mil toneladas – comenta.

Para 2017, a expectativa da ABCS é de um crescimento de 2% na produção nacional e elevação de até 5% nas exportações.

O presidente da ABCS, Marcelo Lopes, credita a expansão da Semana Nacional da Carne Suína como um resultado claro da efetividade do trabalho estratégico que a Associação desenvolve no Brasil. Ele define a realização da campanha como uma das maiores entregas da instituição à suinocultura brasileira.

– Conseguimos realizar uma ação de grande impacto na economia do varejo encabeçando esta iniciativa de custo próprio vindo dos colaboradores do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura e do Sebrae. A SNCS é vantajosa para todos os elos da nossa cadeia e amplia as oportunidades para produtores, indústria e varejo – explica.

Da Ascom/Sebrae nacional, com edição de Cerrado Rural Agronegócios

Relacionados

Veja Tambem