sexta, abril 20, 2018

A costelinha de tambaqui é mais gostosa que o filé de tilápia – Piscishow&Avisuleite A costelinha de tambaqui é mais gostosa que o filé de tilápia – Piscishow&Avisuleite

Artigos Técnicos

A costelinha de tambaqui é mais gostosa que o filé de tilápia

Publicado em 30/06/2017

A costelinha de tambaqui é mais gostosa que o filé de tilápia
Poucos peixes produziem este tipo de prato, como o tambaqui (Foto: Divulgação)

Poucos peixes produzem este tipo de prato, como o tambaqui (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira, 29, o Conselho de Meio Ambiente do Tocantins (Coema) tomou uma decisão (19 x 2) que deixou, de um lado, produtores de tilápia de todo o Brasil eufóricos; do outro lado, ambientalistas,  aquicultores e técnicos no Tocantins sentindo que levaram uma cacetada na cabeça ou que foram traídos: a aprovação do cultivo desta espécie exótica em águas tocantinenses (clique aqui para mais detalhe).

Imediatamente, produtores de tilápia de outros estados se manifestaram com largo sorriso. Um deles,  com forte expressão no estado de São Paulo, Emerson Esteves, presidente da Associação dos Piscicultores em Águas Paulistas e da União (PEIXE SP), chegou me enviar, em primeira mão, a notícia pelo WhatsApp. É que o Brasil está de olho no potencial que o Tocantins tem para a produção de todo o tipo de peixe, especialmente tilápia, que se dará melhor em aguas mornas do Tocantins que em águas frias do Sul e Sudeste do Brasil.

Da mesma forma, no Tocantins, a reação contrária foi imediata por meio do atual secretário de Desenvolvimento Rural de Palmas, Roberto Sahium, uma das maiores autoridades brasileiras em irrigação e piscicultura. Também  pelo “Zap-Zap”, ele me enviou seu descontentamento, sua frustração e promessa de que vai até as últimas instâncias barrar essa autorização.

Até o Coema tomar esta decisão, muita água, muita turbulência e muita intriga se desenrolaram no palco da piscicultura tocantinense, com reflexos em outros estados. Muitas vezes os dois lados supracitados estiveram na linha do confronto não só ideológico e técnico, mas pessoal……para continuar lendo clique aqui

Relacionados

Veja Tambem